Principais Dicas E Cuidados No Hortifruti – Colaboradores

Principais Dicas E Cuidados No Hortifruti – Colaboradores

 

Cuidar do patrimônio de uma empresa é uma das principais regras que um empreendedor precisa ter para preservar o bom andamento do negócio.

Todavia, não se trata apenas em saber o que compõe o patrimônio do hortifruti ou seu valor financeiro, com toda certeza, vai muito além finanças. 

O Capital Humano também é um dos mais importantes bens do negócio e se enquadra dentro do patrimônio da empresa, ou seja, simplesmente composto por pessoas.

Esse post, trás as principais dicas e cuidados no hortifruti colaboradores, uma resenha de dicas e cuidados.

Dessa maneira, vamos acompanhar três principais dicas e cuidados no hortifruti com colaboradores.

 

#1 -Trabalho Operacional – Transporte De Peso Manual

 

O setor de hortifrutigranjeiro é um dos mais operacionais dentro do ramo do varejo. Sua logística é bem dinâmica e precisa ser rápida.

Consequentemente, os trabalhos operacionais são bem maiores, desde o carregamento na roça até o abastecimento do colaborador dentro de uma loja.

 Em primeiro lugar, é importante saber que o colaborador que vai trabalhar no ramo de hortifruti, está apto clinicamente para exercer às atribuições que lhe foram designadas.

Essa avaliação é indispensável não só para a empresa, mas ao trabalhador que se assegura de sua saúde ocupacional. O exame da ASO ( Atestado de Saúde Ocupacional).

Em contrapartida, depois das avaliações do colaborador estando apto para as funções no hortifruti, existem outros fatores que precisam ser observados para preservar a integridade do funcionário.

A saber, os produtos de hortifruti são transportados em caixas que variam muito de peso. Toda essa variação depende do produto, fornecedor e do tipo de embalagem.

No caso das caixas de plástico, os pesos são padronizados. A fim de não violar os direitos do trabalhador e facilitar o empilhamento máximo de caixas e produtos para manuseio e transporte.

Como também, há diferenciação das atividades atribuídas para homens e mulheres dentro do setor de hortifruti quando se trata de transporte de peso manual.

Por exemplo:

As caixas de plástico para hortifruti são de: 5 kg , 12 kg, 20 kg .

O artigo 198 da CLT Lei 5452/43 determina que o peso máximo carregado por homem é de 30 kg individualmente e 20 kg para mulheres.

A seguir no link veja tudo sobre o artigo 198 da CLT:

Artigo 198 da CLT

Em seguida, outra dica importante para com os colaboradores de hortifruti é participar de treinamentos relacionados a postura ergonômica, afim de buscar postura corporal no trabalho de forma correta.

 

#2 – Utilização De EPI ( Equipamento de Proteção Individual)

 

O EPI protege o colaborador de ameaças e riscos suscetíveis à segurança do trabalho.

Em consequência, não somente em médias e grandes empresas que a utilização do EPI é necessária, ela é obrigatória para todos os modelos de empresas e assegura a integridade do colaborador.

Segurança nunca é demais, não é verdade?

No hortifruti não pode ser diferente.

Os principais EPI’s necessários para proteção do trabalho no hortifruti, vai depender do local e tipo de atividade de cada colaborador.

No geral, os principais EPI’s à serem usados no hortifruti são:

  • Botina bico de aço ou duro;
  • Colete de postura (carregamento de caixas);
  • Luva de malha de aço ( fracionamento de produtos);
  • Luvas de couro (destinado à colaboradores que carregam caixas de madeira e outros);
  • Japona térmica ( jaqueta térmica para câmera fria);

 

Principais Dicas E Cuidados No Hortifruti - Colaboradores

EPI’s para hortifruti e higiene pessoal. Foto hortifrutivarejo.net

 

#3 – Dicas E Cuidados No Hortifruti, O Asseio Pessoal

 

O asseio pessoal nada mais é do que hábitos de higiene pessoal e manutenção da boa saúde.

A relação desses fatores colaboram com a qualidade de vida pessoal e profissional evitando a propagação de doenças infectocontagiosas.

O hortifruti é um setor extremamente perecível, sendo assim, há necessidade de seus colaboradores  praticarem boa higiene para evitar que os produtos estejam expostos à riscos de contaminação.

A seguir, vamos conhecer as boas práticas de asseio pessoal no hortifruti:

  • Uniformes e roupas limpas;
  • Barba feita e cabelos bem cortados;
  • Cabelos presos ou amarrados;
  • Uso de máscaras descartáveis para fracionamento de produtos;
  • Uso de toucas descartáveis para fracionamento de produtos;
  • Unhas sempre cortadas;
  • Não utilização de esmaltes caso trabalhe com fracionamento de hortaliças;

 

Falando de atuação operacional: 

Que tal visitar o próximo artigo abaixo.

O que deve saber um repositor de hortifruti

Comentar com o Facebook

Comentário