Para que serve e qual a importância do inventário rotativo

                                                                    Para que serve e qual a importância do inventário rotativo

 

Uma das ferramentas mais úteis dentro do varejo para correção assertiva de um estoque, sem dúvida é o inventário rotativo. Hoje, ficar de olho no estoque de uma empresa utilizando as diversas ferramentas disponíveis é  um processo gerencial que diminuirá gastos desnecessários, custos operacionais, perdas por desvalorização  de estoque e quebra. Na minha opinião, é uma ferramenta muito apurada para se corrigir qualquer distorção ou erro que possa acontecer no estoque. Mais para que serve e qual a importância do inventário rotativo?

 

O que é um inventário rotativo?

Inventário rotativo é a prática operacional de contagem física de determinado(s) produto(s) feito por períodos mais frequentes em ordem cíclicos dentro da empresa, diferente do inventário geral. Os itens podem ser escolhidos de acordo com o negócio, de forma aleatória ou até mesmo do estoque inteiro caso for necessário.

Para que serve e qual a importância do inventário rotativo

Para que serve e qual a importância do inventário rotativo

 

Pra que serve o inventário rotativo no setor de hortifruti?

Falando especificamente de um inventário rotativo para o setor de FLV, sua importância é tão fundamental como de qualquer outro departamento. Consiste basicamente em apurar, corrigir e  aumentar a precisão de um estoque. Através do inventário rotativo, pode-se descobrir gargalos operacionais, erros de entrada ou saída de mercadorias, custos obsoletos (mercadorias paradas no depósito), avarias não registradas e descartes de produtos.  Por exemplo:

Fechamos a negociação de manga tommy, e ao receber o produto, o colaborador faz um lançamento de entrada de mercadoria no sistema em um código errado, como manga palmer ou os produtos pesados diretamente nos caixas estão sendo vendidos com códigos invertidos, ou seja, o cliente compra manga palmer (preço mais caro), e o operador de caixa registra como manga tommy (preço mais barato) ou ao retirar os produtos impróprios da área de venda, não são contabilizados como avarias.

É um cálculo simples veja: 

1º exemplo: ERRO DE LANÇAMENTO DE SISTEMA:

DATA COMPRA ÚLTIMA ENTRADA DESCRIÇÃO CUSTO ESTOQUE ATUAL KG VENDA KG
27/jan 0 Manga Tommy 1,49 0 -500
27/jan 500 Manga Palmer 2,49 500 0

2º exemplo: ERRO DE INVERSÃO DE CÓDIGOS

DATA COMPRA ÚLTIMA ENTRADA DESCRIÇÃO CUSTO ESTOQUE ATUAL KG VENDA KG
27/jan 500 Manga Palmer 2,49 500 0
27/jan 0 Manga Tommy 1,49 -500 500

Veja no primeiro exemplo que negociamos 500 kg de manga tommy a R$ 1,49 e houve um lançamento de 500 kg em um preço maior não pago de 2,49 na manga Palmer, ficando estoque da manga tommy negativo. Após realizado o inventário, o ajuste pode ser corrigido no sistema e logo percebemos que neste caso foi um erro de entrada, pois ainda o produto em si não sofreu outros processos dentro da empresa.

Veja que no segundo exemplo, compramos a manga palmer a R$ 2,49 custo, porém, os operadores a vendem na frente de caixa com código invertido da manga  tommy com preço de custo mais barato,  R$ 1,49  gerando uma quebra contábil. O estoque da manga palmer fica sistematicamente com valor de 500 kg, porém fisicamente não existe essa quantidade.

Fazendo o inventário rotativo contínuo no hortifruti, podemos identificar as faltas e distorções como estas mostradas acima em um tempo mais hábil e rápido para resolver esse tipo de erro.

 

Como fazer um inventário rotativo?

Não é nenhum “bicho de sete cabeças” elaborar uma programação de inventário rotativo no hortifruti. Em primeiro lugar, o necessário é começar a programação por itens que tenham maior giro de entrada e saída. Esses itens podem apresentar sérias distorções e pode aumentar as avarias e custos. Em seguida, programe os itens de maiores incidências ao erro, produtos fáceis de serem confundidos, como as mangas por exemplo. E por último,  faça o inventário dos itens de menor giro para identificar outros erros como produtos com X dias de excesso de estoque.

A contagem do inventário rotativo é feita de acordo como o produto é comprado  ou vendido. No FLV, para os itens comprados no quilo, é necessário a contagem no quilo, para os produtos comprados na unidade, segue a contagem unitária normal.

O período ideal de um inventário rotativo é semanal ou quinzenal, podendo ser feito a qualquer horário do dia mesmo com o estabelecimento funcionando. É claro que, tudo isso precisa ser analisado para que não atrapalhe o cliente na hora de comprar. Pré-estabeleça os horários antes da abertura ou depois do fechamento, pois a pesagem na loja é feita mais confortavelmente. Comece sempre pelo estoque e logo em seguida realize a contagem na área de venda.

 

As vantagens do inventário rotativo no hortifruti

  • O Inventário Rotativo remove erros do sistema assim como um inventário anual;
  • Como não é necessário contar  todo o estoque, apenas uma seção ou repartição, os resultados são obtidos de forma rápida;
  • O Inventário Rotativo custa menos para a empresa, já que é feito de maneira rotineira do trabalho e da operação;
  • Ao aplicar este sistema, é possível ter uma precisão maior do estoque, já que os erros são removidos mais rapidamente do que são introduzidos;
  • Ajuda a tomar medidas preventivas e correções mais rápidas, buscando ajuda e parceria com fornecedores;
  • Diminui impactos e resultados negativos no inventário geral;
  • Ajuda a controlar compra e venda de mercadoria, uma vez que o sistema está correto e apresenta justamente o que é fisico;
  • Busca controlar os custos desnecessários de mercadorias paradas sem vendas;

Procure adquirir práticas de gestão como efetuar inventários no seu negócio, independente o tamanho que ele for. São ferramentas poderosas para controlar os gastos e ajuda a tornar visíveis erros comuns de operações.

Na aba materiais na página de FERRAMENTAS você encontra lá um ótimo material que auxilia em administrar estoques, planilhas de gestão e muito mais. Espero que tenham gostado.

 

Comentar com o Facebook

Comentário