Investimento em Hortifruti e Mercadinhos de Bairro

Investimento em Hortifruti e Mercadinhos de Bairro

 

A hora certa começa a aparecer para investir no pequeno negócio no Brasil. Diversas pesquisas em setores do varejo apontam que o pequeno negócio, principalmente os hortifrutis e mercadinhos, crescem nos últimos anos.

A ressaca dos grandes varejistas devido ao boom dos hipers, tem levado a briga de peixe grande continuar acirrada, entretanto, os pequenos estão retomando seus espaços no mercado.

Os números revelam que há grande crescimento no varejo de bairro devido a diversas mudanças que o mercado vem apresentando nos últimos anos. Isso tem ajudado o pequeno empreendedor, que não precisa de um investimento tão alto para se encaixar neste nicho. 

Diante disso, porque não falar de investimento no hortifruti e Mercadinhos de bairro?

 

Mudança no comportamento do consumidor

 

A mudança de hábito dos consumidores brasileiros estão cada vez mais rápidas. A inclusão de tarefas e afazeres na agenda do dia- dia estão sempre presentes e indispensáveis no perfil do consumidor nos últimos anos. 

Acompanhando a mudança de comportamento do consumidor atual, muitos empreendedores estão aproveitando o momento para investir em Hortifruti e Mercadinhos de bairro.

praticidade, proximidade e a agilidade no atendimento, tem sido características marcantes no pequeno hortifruti e mercadinho de bairro.

O trânsito, a fila nos caixas, percorrer corredores enormes e o envelhecimento da população, tem feito com que os pequenos hortifrutis e os mercadinhos de bairros cresçam e e expandam para atender essa demanda.

O consumidor que procura o hortifruti e o mercado de bairro quer comprar com qualidade e bom atendimento.

O perfil desse consumidor tornou-se ainda mais exigente, personalizado e contínuo. É aquele consumidor que compra aos poucos, porém presente quase todos os dias. 

 

Modelo de Hortifruti de Bairro o Mini Mercado

 

Em outro artigo comentei sobre um programa de fidelidade que o empreendedor pode praticar no hortifruti e Mercado de bairro. http://hortifrutivarejo.net/posts/programa-fidelidade-no-varejo/

 

O momento é tão oportuno que a matéria da revista Exame comentou o crescimento significativo dos Hortifrutis e Mercadinhos de bairro em 2018. 

Se você notar bem na foto da matéria, o proprietário é dono de um hortifruti situado em São Paulo e que a revista exame e o Jornal de Negócios do Sebrae titularam como “Mercadinho”. 

Veja no link do Jornal Sebrae: Jornal Sebrae.

O crescimento desses chegou a ser de 62% entre 2014 a 2018. Matéria revista Exame.

 

Grandes Redes já apostam nos Mercados de bairro

 

Com as pesquisas apontando o crescimento dos Hortifrutis e Mercados de bairro, os grandes varejistas querem acompanhar essa tendência e embarcar neste crescimento.

Não é de hoje que o grupo GPA vem apostando suas fichas no segmento. De Extra Perto, Mini Extra e Compre Bem o grupo mesmo aos trancos e barrancos no modelo varejo de bairro, não deixa seus investimentos fora desta fatia de mercado.

O mesmo acontece com o Grupo Carrefour que continua expandindo o modelo Carrefour Bairro.

Em 2018, o grupo inaugurou um novo projeto de lojas bairro, o Carrefour Market com formato de lojas de até 500 m², pouco menores que o Carrefour Bairro

 

Setor de hortifruti de um Mini Mercado Extra. Imagem do site: http://www.faldesign.com.br

 

E aí meu caro empreendedor, já se convenceu de que as oportunidades estão aí?

Grande abraço.

 

Comentar com o Facebook

Comentário