Abóboras

Como escolher Abóboras e abobrinhas

 

Como escolher abóboras e abobrinhas? Antes vamos conhecer mais sobre esse legume-fruto.

 

Abóboras e abobrinhas

As abóboras são ricas em beta-caroteno, fonte de vitamina C e potássio com baixas calorias possuindo também alto teor de fibras. Tudo nas abóboras são aproveitados, inclusive as sementes que são boa fonte de proteína, ferro, vitaminas do complexo B, vitamina E e fibras. Meia xícara de abóbora assada, fornece 450% da ingestão diária recomendada, 275 mg de potássio, e apenas 40 calorias apresentando pouca gordura e muitas fibras. Estudos também mostram que as abóboras são anti-oxidantes podendo ajudar na prevenção de certos tipo de câncer.

As sementes como dito, tem alto teor de proteínas. Apenas 28 gramas de sementes de abóboras fornecem cerca de 7 gramas de proteína, além de 3 gramas de ferro.

 

Subgrupo de abóboras

Dentro da famílias de abóboras, estão as abobrinhas com características idênticas tanto fisicamente quanto nutricionalmente. A abobrinha, tem cerca de 94% de água o que a torna um vegetal com a menor taxa de calorias. Uma xícara de abobrinha crua, possui menos de 20 calorias e fornece 12 mg de vitamina C 20% de (ingestão de dieta recomendada diariamente para um adulto) 28 mcg de folato e 250 mg de potássio.

A abobrinha torna-se mais nutritiva quando consumida com a casca, esta possui o beta-caroteno onde o nosso organismo à converte em vitamina A.

Um dica bem interessante, é salgar levemente as fatias colocando-as sobre a toalha de papel, após ter absorvido bem a água, enxague as fatias para a retirada do sal, evitando que o prato não fique aguado.

As flores da abobrinha também são comestíveis e excelentes iguarias podendo ser cozidas na manteiga.

 

Variedades abóboras

Há uma diversidade de abóboras hoje no mundo e pode-se dizer que existam mais de 500 tipos. As mais comuns e comercializadas hoje no varejo brasileiro são as citadas abaixo:

  • Abóbora Moranga: Mais conhecida popularmente como jerimum ou abóboras dos dias das bruxas, (por ser um legume muito usado decorativamente nas festas de Halloween nos Estados Unidos), é um fruto globular achatado de cor alaranjada pesando cerca de 2 a 5 kg sendo bem aceita comercialmente em diversas partes do mundo pelo seu cultivo bem adaptável. De polpa bem alaranjada e sementes grandes e brancas, é bastante utilizada na culinária mundial.
  • Abóbora Japonesa: Também conhecida como abóbora Cabotiã é muito comercializada no Brasil. É um fruto globular um pouco achatado com casca verde escura com brilho ou opaco e pode pesar cerca de 1,5 a 3 kg , sendo uma planta com alto vigor, tendo a polpa amarela e espessa com sementes médias.
  • Abóbora Seca: Conhecida popularmente como abóbora de Pescoço e uma das maiores dentre as categoria e seu peso pode chegar a 50kg dependendo do cultivo. O fruto é arredondado e com pescoço alongado. Sua casca é rajada de cor laranja e verde e tem a polpa bastante densa e alaranjada com um sabor adocicado, quando madura é bastante utilizado na culinária para doces.
  • Abóbora Paulista: Conhecida como abóbora paulistinha ou abobrinha paulista, a abóbora paulista é menos consumida no Brasil que as demais abóboras, sendo um fruto arrendondado com pescoço pequeno idêntico a abóbora seca, só que de tamanho pequeno. Casca alaranjada com leves rajadas de verde tem a polpa alaranjada. Seu peso varia de 0,700 g a 1,5 kg é usada mais para refogados e picadinhos.
  • Abobrinha Brasileira: Também é chamada de abobrinha Menina brasileira, é um fruto redondo bastante alongado com pescoço fino é colhido ainda verde, pois amadurece se permanecer no pé. Sua casca é verde claro, porém bem fina, por isso, é bem escolhida em culinária. A polpa e amarela clara pendendo para o branco, bem densa e firme.
  • Abobrinha Italiana: Também chamada de abobrinha Itália, a abobrinha italiana é uma das mais consumidas no Brasil pela sua adaptação no cultivo.Tem uma boa aceitação na culinária com preparos de pratos refogados e saladas. O fruto é bem alongado, parente dos pepinos, é colhido também ainda verde. Sua casca é verde clara com rajados de verde escura e poucas sementes.
como escolher aboboras e abobrinhas

Variedades de abóboras

 

Defeitos das abóboras

  • Defeitos na casca: Enrugamento na casca, defeito no formato.
  • Defeitos no Fruto: Defeitos por praga atingindo a polpa, fruto sem pêndulo.
  • Defeitos externos: Defeitos por causa mecânica

hortifruti

 

 

 

As abóboras era um dos alimentos mais importantes do continente americano mesmo antes da chegadas do Europeus. Já havia vestígios delas a mais de 6.000 anos atrás nas habitações de pedras dos índios no sudeste dos Estados Unidos. A abóbora hoje é cultivada em todas as partes do mundo.

Como as abóboras têm casca dura, podem durar meses sendo armazenadas em locais secos e frescos, aliás, não devem ser refrigeradas nem armazenadas em temperaturas abaixo de 10 Cº, pois acelera a deterioração.

Em 2010 foi colhida nos Estados Unidos a maior abóbora do mundo segundo o livro dos recordes, ela pesava mais de 800 kg e precisou ser transportada através de um trator.

 

Como escolher abobrinha?

Procure pelas abobrinhas não muito grandes, apesar de elas facilitarem no uso culinário, quando muito grandes, tendem a ficar mais fibrosas e perder o sabor, o ideal, é escolher as de 15 a 20 cm de comprimento que estejam firmes e pesadas.

Encontre a Ficha técnica da norma de classificação desse produto na nossa página http://hortifrutivarejo.net/normas-de-classificacao/ . Gostou do conteúdo desse blog? Compartilhe com seus contatos nas redes sociais ajudando outras pessoas.

Comentar com o Facebook